Museu da Ci�ncia - Universidade de Coimbra

O Sapato do Gigante

Os artefactos provenientes de “monstruosidades da natureza” eram considerados relíquias ou testemunhos de uma curiosidade ou raridade. Este sapato é uma réplica do original pertencente a um Gigante Espanhol, Miguel Joaquín de Eleicegui Ateaga (1818-1861), natural de Guipuzcoa, que, em julho de 1844, esteve em Lisboa e Sintra depois de se ter exibido em muitas outras cidades europeias cobrando dinheiro a quem o quisesse admirar.
Impressionado com a sua estatura, o Padre António Affonso, pároco da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação de Lisboa, pediu para que lhe vendesse os seus sapatos mas, como não possuía outros, resolveu recorrer a um sapateiro, António Claudino, para que lhe fizesse um sapato igual, rigorosamente do mesmo talhe e da mesma matéria, trabalho pelo qual pagou avultado valor.
Este exemplar, manufaturado em pelica verde, mede 39,5 cm de comprimento o que equivale ao tamanho 63. A sola de couro cosida manualmente às paredes da estrutura, apresenta um texto cujo conteúdo escrito pelo mestre sapateiro atesta a veracidade desta história:

António Claudino
Mestre sapateiro residente no lugar [?] de S. Pedro de Cintra certifico e juro em como no dia 20 de julho de 1844 foi à vila de Cintra a casa de Manoel Espanto a rogos do Pe António Affonso p.ra tomar a medida a um gigante natural da Provincia de Guiposcoa na Hespanha que para ali tinha vindo no dia dezassete do m.mo mez e anno e se foi no dia 22.
Aqual medida lhe tomei no p.el não pela craveira aqual não chegava mas passei [?] a papel tomando as medidas do comprimento e da largura do m.mo.
juro sub graça do meu sustento.
São Pedro de Penaferrim.
Dezassete de Julho de 1845


O objeto aparece referenciado pela primeira vez no Inventário dos Objectos existentes na colecção ethonographica do Museu em Novembro de 1881 e encontra-se presentemente exposto no Gabinete de Curiosidades | Uma interpretação do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra.

Nº de Inventário: ANT.90.10.46

 

Eventos relacionados


Objeto do mês - 2024
1 de Janeiro a 31 de Dezembro, 2024

PAPOILA-VERMELHA – SÍMBOLO DA PAZ, É ALIMENTO, VENENO E MEDICAMENTO
1 a 29 de Fevereiro, 2024