Museu da Ci�ncia - Universidade de Coimbra

Não é carne mas é peixe

Em agosto de 1913 uma exploração zoológica do Museu deslocou-se até à Figueira da Foz, praia mais próxima de Coimbra. Dessa viagem chegam-nos exemplares de peixe-galo (Zeus faber Linnaeus, 1758) e uma andorinha-do-mar-comum (Sterna hirundo Linnaeus, 1758). Estas expedições zoológicas tornaram-se mais frequentes a partir da segunda metade do século XIX, altura em que se verificou uma aposta clara do Museu no estudo da fauna portuguesa. Explicada desta forma por um dos seus diretores, Paulino de Oliveira: "O que nos cumpre primeiro estudar e conhecer a nós portugueses é o que é nosso, o que temos no próprio país. (…) O que pode elevar o Museu zoológico é o desempenhar-se ele do encargo que naturalmente lhe incumbe de estudar e representar nas suas coleções a fauna portuguesa”.

O peixe-galo tem uma morfologia original, que inspira variadas histórias. E nomes. Por vezes conhecido como peixe-galo, por causa da sua barbatana dorsal, com espinhos fortes, que lembram a crista de um galo. Mas também por peixe-de-São-Pedro, pela sua característica mancha escura lateral. Segundo o Evangelho de São Mateus, Jesus pediu a São Pedro para ir até ao mar pescar um peixe, e da sua boca tirar uma moeda, necessária para pagar um imposto. Quando pegou no peixe, deixou a marca dos seus dedos. Mas, na realidade, esta mancha assemelha-se a um olho, pelo que poderá ser utilizada como proteção contra predadores.

Outra característica deste peixe é o seu corpo lateralmente achatado, que faz com que tenha um perfil muito fino quando visto de frente. Desta forma, consegue passar despercebido. É assim que, nadando muito devagar, consegue aproximar-se das presas e abrir rapidamente a sua boca para as engolir.

Mais um exemplo da beleza dos peixes da nossa costa, antes de chegarem aos nossos pratos, onde estamos habituados a apreciá-los!

 

Peixe-galo
Zeus faber
Linnaeus, 1758
ZOO.0006021
Figueira da Foz, agosto de 1913

Mais informações

Local: Átrio do Laboratório Chimico [VISITAS SUSPENSAS]


Apoio:

Eventos relacionados


Objeto do mês - 2021
1 de Janeiro a 31 de Dezembro, 2021

Um sapato sui generis
1 a 31 de Janeiro, 2021

Um Prato Republicano
1 a 28 de Fevereiro, 2021

A câmara do Egas
1 a 30 de Abril, 2021

Uma Vaca-loura que não é vaca!
1 a 31 de Maio, 2021

Do Pote de Vandelli ao modelo floral de Brendel
1 a 30 de Junho, 2021

Um cadinho arqueológico
1 a 31 de Julho, 2021

Frasco de reagentes do Laboratório Chimico
1 a 31 de Agosto, 2021

Bico de Bunsen, um queimador de gás
1 a 30 de Setembro, 2021